NOTÍCIAS

Zeca derruba o último invicto e já é vice-líder

A noite de quinta-feira foi iluminada no Passo d'Areia. O São José encarou o Remo, até então invicto no Brasileiro Série C, e, com uma atuação superior durante os 90 minutos, concretizou a vantagem com um belo gol de Dudu Mandai, aos 28 minutos da etapa final, para determinar a vitória por 1 a 0. Com o resultado, o Zeca dorme na vice-liderança do Grupo B, com 13 pontos, dois a menos que o líder, o próprio Remo.
A iniciativa nesta noite seria do Zeca, e isso ficou claro desde os primeiros movimentos da partida. Estreante na noite, Diguinho foi o substituto do suspenso Rafael Tavares, e antes dos 10 minutos de jogo, ele já havia concluído duas vezes com perigo de fora da área.
Aos 15 minutos, iniciou uma avalanche de escanteios perigosos do Zeca na primeira etapa. Em dois deles depois do bate e rebate na pequena área, a zaga do Remo conseguiu salvar na linha. Em outra oportunidade, aos 19 minutos, o lateral Márcio Lima por pouco não marcou um golaço no chute de fora da área e, aos 37, Tiago Pará deu um  carrinho para completar o cruzamento de Cláudio Maradona, mas a bola acabou indo para fora.
O Remo limitava-se a alguma eventual jogada de bola parada e ao contra-ataque, de alta velocidade. Quem mantinha  posse de bola, invariavelmente era o Zeca.
"Trabalhamos forte a parte psicológica e mental dos nossos jogadores para lidar com os dois desfalques depois da vitória importante contra o Boa. Valorizamos o nosso rendimento e sabíamos que isso nos levaria a um bom resultado. Era  um adversário invicto e de muita qualidade e o grupo de jogadores comprou a ideia", disse, no final da partida, o técnico Rafael Jaques.
No retorno para a segunda etapa, o Remo até experimentou acelerar um pouco o jogo e levou perigo nos primeiros cinco minutos. Depois, o meio de campo do São José voltou a mostrar a sua superioridade física e técnica. E o bombardeio do primeiro tempo se repetiu.
Primeiro, com Maradona duas vezes chutando para o gol. Depois, Márcio Lima voltou a soltar a bomba de longe e o goleiro buscou no ângulo. 
O gol estava amadurecendo e, aos 28 minutos, Dudu Mandai avançou pela esquerda, tabelou com Maradona na entrada da área e chutou cruzado na saída do goleiro para marcar um golaço. Apenas quatro minutos depois, Matheusinho fez com que o goleiro fizesse outro milagre. E aos 48 minutos, aconteceu a chance mais clara para ampliar.
Cláudio Maradona recebeu de frente para o goleiro e não teve a calma para finalizar com precisão.
"Todos estão de parabéns pela atitude e forma como todos encararam essa partida. Estamos nos fortalecendo como grupo", valoriza o técnico.
O Zeca volta a campo pelo Brasileiro Série C daqui dez dias, no dia 23, no interior do Rio, contra o Volta Redonda.
 

NOTÍCIAS


APOIO

SIGA O ZECA