NOTÍCIAS

A gurizada deu conta do recado, vitória na estreia

O Passo d'Areia segue sendo um trunfo imbatível a favor do São José. Na tarde deste sábado, mais uma vez o Zeca conquistou a vitória em casa. Jogando pela estreia na Copa Wianey Carlet, o centroavante Igor Nobre marcou, no começo do segundo tempo, e garantiu os primeiros três pontos para a equipe comandada por Rafael Jaques diante do Aimoré. O Zeca arranca com a liderança do grupo.
Havia muita expectativa antes do jogo sobre o que esperar da gurizada recém promovida do Sub-20, e que forma metade do time na Copinha. Eles tinham diante de si um dos clubes com maior investimento da competição. E não é que os guris não se assustaram. Ao contrário, controlaram a partida durante os 90 minutos. O técnico Rafael Jaques utilizou, pela primeira vez, uma formação no 3-4-3, e ganhou consistência defensiva. Durante todo o jogo, o time de São Leopoldo chegou apenas duas vezes com algum perigo, mas com defesas sem dificuldade pelo goleiro Fábio.
Ofensivamente, Anderson Canhoto tornou-se o principal armador da equipe, e partiram dele as principais jogadas em um primeiro tempo sem muitas oportunidades. Logo no primeiro minuto de jogo, Canhoto foi ao fundo e serviu Igor Nobre, mas o zagueiro chegou antes. Aos 12 minutos, foi a vez de Wandinho tocar para o centroavante. Ele foi derrubado, mas a arbitragem não assinalou pênalti. 
Aos 32 minutos, surgiu o lance de maior perigo no primeiro tempo. Wandinho dividiu com o marcador próximo da área e a bola sobrou para Canhoto dentro da área. Ele completou para o gol, mas estava impedido. 
Na volta para o segundo tempo, Jaques mudou o ala esquerdo. Saiu Christian e entrou o elétrico Arthur. Isso refletiu em todo o time. Aquele domínio da primeira etapa tornou-se mais agudo, e o resultado veio.
Logo aos 4 minutos, Canhoto escapou da marcação e, da linha de fundo, deu uma assistência na medida. Igor Nobre antecipou-se aos zagueiros e, oportunista, completou de letra. O goleiro ainda desviou na bola, mas ela entrou mansamente: 1 a 0.
O gol deu ainda mais confiança à gurizada. Aos 10 minutos, Silas desprendeu-se do meio de campo e foi ao fundo. O cruzamento foi quase perfeito para a cabeça de Wandinho, mas o defensor chegou antes. 
Após a metade do segundo tempo, quando o Aimoré esboçava reagir, Jaques mostrou o conhecimento que tem da gurizada do Zeca. Crystopher entrou no lugar de Igor Nobre e, por alguns minutos, o time teve a mesma formação ofensiva da equipe Sub-20 treinada por Jaques um ano atrás.
"É muito bom para eles saberem que é só entrarem e mostrarem o que sabem. Eles já conhecem o meu trabalho e sabem o que eu quero deles. Acho que o fato de ter o mesmo treinador que trabalhou com eles lá embaixo dá mais confiança", diz.
Jaques ainda faria outras duas mudanças. Silas, de grande atuação, saiu cansado e deu lugar a Samuel. O atacante Vini, que retorna depois de um ano de uma cirurgia no joelho, entrou no lugar de Wandinho. Por fim, Canhoto saiu para a entrada de Lucca. 
Aos 38, por muito pouco o atacante não marcou o segundo gol do Zeca ao aparar de cabeça o cruzamento. O goleiro fez milagre.
O São José volta a campo na quarta, às 15h, diante do Cruzeiro. O clássico, que estava originalmente marcado para a primeira rodada da Copinha, terá mando de campo do Zeca, no Passo d'Areia.

GALERIA DE IMAGENS

NOTÍCIAS


APOIO

SIGA O ZECA